quarta-feira, 6 de março de 2013

POÉTICA DA MULHER



Nasci  em abril,
Mas bem que poderia ser,
Num outro mês qualquer,
Nasci mulher...

Estigmatizada,
Nasci marcada,
Assim como outras fêmeas,
Em partos semelhantes...

Crescemos em agosto,
Mas bem que poderia ser,
Num outro mês qualquer,
Também cresci mulher...

Fomos à luta,
Fizemos correr o sangue,
Das nossas veias,
Bonitas, feias...
Fomos casadas,
Amantes,amasiadas...

Sou  mulher,
O melhor esboço e a arte final...
A água do poço,
Que a sede mitiga...
Seu zen, sua amiga,
Seu bem e seu mal!

Dorothy de Castro. (dia da mulher-/
08/03/2013)






1 comentários:

evandro junior disse...

As mulheres não poderiam ter tido sua síntese mais bem resumida do que em tão belo poema, parabéns.

Postar um comentário

deixem seus comentários

 
Amor não tem idade. Design by Exotic Mommie. Illustraion By DaPino