terça-feira, 8 de dezembro de 2015

PINGOS D'ÁGUA







Chora o tempo,
através de carregadas nuvens,
que lacrimejam saudades
nesta longa espera.
Os pingos se disfarçam,
em tristes lágrimas,
a regarem o fim
da primavera...


(Marco A.Alvarenga)

Num átomo do espaço
omenso deste céu
 silencioso  e calmo;;;
existe um pingo  triste
que se aproxima agora...
é o choro desse  tempo
de   nuvens carregadas
que inda chora !

Dorothy de Castro

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

À UMA TELA





À minha frente o nada
numa madrugada de
beberagem louca
numa secura a minha
boca e essa vontade
de dizer impropérios...

A palidez do corpo
vil cambaleante
como um lençol
em passos lentos
bem mumificado
eu sigo amigo...

Atrás de mim a lua
escandalosa e nua
se mostra ao mundo
quem me pintou?
não sei eu não pedi
e nem mandei...


Sou tão errante
e a minha amante
de olhos grandes
talvez me queira
olha eu ai passando
e pisando ... nela!

Dorothy de Castro

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Nunca deixes de sorrir, nem mesmo quando estiver triste, porque nunca se sabe quem pode se apaixonar por teu sorriso.

quarta-feira, 18 de novembro de 2015

sexta-feira, 23 de outubro de 2015

RESGATE




Mas é claro que resgato sonhos
busco os confins em mim e nas
palavras ditas guardo as bonitas
pra te entregar no verso dito

Pelo poeta em frases incompletas
mito que acredito ser dos sonhos
nas curvas do meu corpo frio
seria então vazio aquele sonho?

Porque componho atoa e ateia
roubas de mim a ideia de sonhar
e no meu medo de voar sem asas
plainar as casas sem janelas...

E nelas procurar as frestas para ver
passar os namorados abraçados
e os sonhos resgatados de nós dois
saiba o poeta que o amor virá depois!


Dorothy de Castro


quarta-feira, 14 de outubro de 2015

TUDO QUE SOU

TUDO QUE SOU
Com carinho para minha amiga Dorothy
Nem sempre sou gata mansa,
Sou tigresa, sou criança, 
Sou mulher, sou criatura,
Sou um anjo de candura,
Sou bruxa, sou uma fada
Sou guerreira nessa estrada,
Sou leoa dominante,
Sou fera, sou doce amante,
Sou a deusa preferida,
A mãe que promove a vida,
Iemanjá dos sete mares,
Mãe Terra desses pomares,
Sou com minha natureza,
A rainha da beleza.
A manhã, o vento, a brisa,
A lua, a poetisa
A eterna pensadora,
A grande empreendedora
Sou bonita, sou vaidosa,
Sou a fruta, sou a rosa
Ah, eu sou tudo que sou
Se amo eu então me dou
Tudo isso é ser mulher
Do jeito que ele me quer.
Mírian Warttusch

domingo, 11 de outubro de 2015

De revides não gosto
Não sou mais criança
Descontar não o faço
Respeito-te muito
Contratos abertos?
Não, não, eu não posso
Queria é te amar
Ter paz, proteger-te
Mas se não mais podemos
Prossigo sozinho
Chorando até
Recolhendo-me ao nada
Apenas te amando
Saído da cena
O que faço vencido?
É amar-te de longe
(EB) O POETA DAS ROSAS

POEMAS AUSENTES




Eu não seria poeta
se desejo não houvesse
se nenhum amor coubesse
numa alma de menina...

Se não fosse essa a sina
se canções não me pedissem
as rimar para existir
as paixões não explodissem...

Se a morte não desenhasse
o que a vida nas molduras
mostrasse às vãs criaturas
obras deixadas em versos...

Eu não seria poeta
seria escritora apenas
peito nu alma incompleta
Nessa ausência de poemas!

Dorothy de Castro

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

CAIO F DE ABREU






Podia ser só amizade, paixão, carinho,
admiração, respeito, ternura, tesão.
Com tantos sentimentos arrumados
cuidadosamente na prateleira de cima,
tinha de ser justo amor, meu Deus?
Porque quando fecho os olhos, é você quem eu vejo;
aos lados, em cima, embaixo, por fora e por dentro de mim.
Dilacerando felicidades de mentira,
desconstruindo tudo o que planejei,
Abrindo todas as janelas para um mundo deserto.
É você quem sorri, morde o lábio, fala grosso, conta histórias,
me tira do sério, faz ares de palhaço, pinta segredos,
ilumina o corredor por onde passo todos os dias.
É agora que quero dividir maçãs, achar o fim do arco-íris,
pisar sobre estrelas e acordar serena.
É para já que preciso contar as descobertas, alisar seu peito,
preparar uma massa, sentir seus cílios.
“Claro, o dia de amanhã cuidará do dia de amanhã
e tudo chegará no tempo exato. Mas e o dia de hoje?”
Não quero saber de medo, paciência, tempo que vai chegar.
Não negue, apareça. Seja forte.
Caio Fernando Abreu

quinta-feira, 1 de outubro de 2015

texto do Evandreo Poeta Batista!





Por ter chegado a mim tão lindamente um dia
A alvissareira ave a me trazer o encanto
Felicidade desejada desde há muito e nela
Quando da lida do garimpo era de tolo o ouro
Por ser eu grato a ela pelo amor que trouxe
De trilha pedregosa também ela, vinda
Por alimentar-me no bancar as lutas
Só almejando o ensejo de vencermos juntos
Por ser o meu achado, por deseja-la assim
Sentindo a força tanta no carinho dela
Por escrevendo louco ser saber convicto
Apenas junto a Branca caminhar preciso
E o maior motivo dentre os grandiosos
É saber que a amo desde a vez primeira
Percebendo o fato de entranhada estar
Tão misturada, por ser a dona de minha estrada
Que seus dedos minha lira emocionada tocam
Esses e outros motivos pra a querer e amar


(EB) O POETA DAS ROSAS

terça-feira, 29 de setembro de 2015

VIVENDO A SAUDADE




"Quando a saudade de alguém que se foi bater forte, não ignore... Não fuja nem finja que já esqueceu, que você é forte e que a vida continuou e te apresentou coisas novas e interessantes capazes de te fazer esquecer o que já não tem volta... Não fique inventando desculpas para si mesmo e com medo de se lembrar das coisas marcantes que viveu ao lado dessa pessoa. Saiba que a saudade tem vida... que precisa ser vivida, ser chorada, ser lembrada ser guardada dentro do peito... Não deixe que essa lembrança caduque... não se transforme em uma criatura estranha para esse passado que valeu tanto a pena e que talvez lhe tenha deixado pedaços dele... Quem sabe pequenas sementes que crescidas te farão perguntas, embaraçosas ou não, sobre essa pobre alma que se despediu e partiu para o outro plano... Lembre-se que um dia será você esse ser à se ausentar dos seus, será você esse adeus... Recomece a vida, plante outras flores e procure ser feliz porque essa é a lei da vida... Mas entre essas flores que plantar novamente não se esqueça de colocar em seu vaso de recordações uma pequena florzinha para não se esquecer de quem um dia esteve do seu lado!" 

Dorothy de Castro

domingo, 27 de setembro de 2015

ALEGRIA!




Te oferto uma rosa mostrando que és única
Que te amo e desejo desde a vez primeira
Saúdo com vinho o amor que eu sinto
Me embebo de ti te sabendo meu tudo
Te abraço bem forte, eu choro, acredite
Passando minha força me torno criança
Me dou em teus braços, abrigo e Éden
Teu corpo é meu céu e eu sou teu, ó mulher
Que amar-te assim, meu amor, é feliz celebrar
A alegria sagrada de contigo viver minha graça
(EB) O POETA DAS ROSAS

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

poesia do poeta evandro batista!

















HOJE E SEMPRE TU E EU
Hoje á noite eu te quero fatal, meu amor
Em seda e requinte pra amar-te a valer
Quero ter-te em meus braços, intensa
Rodopiar em teu corpo, em carícias ardentes
No preparo do vinho e das taças á mesa
Ao jantarmos olhando-nos fixos, famintos
Embalados ao som de outros ritmos, tal frenesi
Sabendo: desejam-te muito minhas mil intenções
Sentindo o gostoso perfume exalando de ti
Fazendo emanar esse meu de amante animal
Até não mais controlamos o estado de coisas nós dois
Provocante estando, minha Branca, preparando-me tu
Pro descer dos teus panos a ver o vestir de tua renda
Te quero, minha linda amante mulher, como sempre
Pra festa fazermos ás noites, aos dias em toda estação
Sendo eu teu amado pra toda estação a nos testemunhar
(EB) O POETA DAS ROSAS

terça-feira, 22 de setembro de 2015

NÃO QUERO QUE CANTES



Ai não me diga 
que a saia da rapariga
tem flores em profusão
que a janela dessa moça
aqui sem que ela nos ouça
é seu constante balcão...

Ai não me diga
que ela espera o namorado
pra ganhar beijo roubado
e sair cantando um fado
de arrepiar os cabelos
alisados com desvelo...

Ai não me diga
que ela sorri com desdém
e atira à outros também
os mesmos beijos ousados
a rapariga jamais
há de cantar os meus fados!

Dorothy de Castro

domingo, 20 de setembro de 2015

loucura (EB)









Liberto-te mais do que nunca nos braços tão meus
Onerando o amor que eu sinto demais só por ti
Unindo esse amor com vigor emanado de nós
Calando o prazer nesses corpos amantes, os nossos
Um n'outro, pedindo a passagem, tomando sem q
Rasgando os cuidados, fronteiras, é força tamanha
Alvoroço te causo e a mim enlouqueces, nos damos
LOUCURA
(EB) O POETA DAS ROSAS

segunda-feira, 14 de setembro de 2015

O POETA DAS ROSAS













JURAS DESSE APAIXONADO
Amada minha tu serás, amor convicto
Enquanto este houver e eu poeta for
Enquanto a alma for eterna, assim será
Te amarei como anoitece e volta o dia
E quando não houver mais mundo digo a ti
Que decerto para outro aqui nós vamos
Amados nós seremos um pelo outro
Porque ao Deus obedientes somos nós
(EB) O POETA DAS ROSAS

domingo, 13 de setembro de 2015

Esfiha Fechada

Envie uma foto desta receita!Adicionar ao livro
Ingredientes
  • 60 grs de fermento biologico (pão)
  • 1 kl de farinha de trigo
  • 1/2 copo de oléo
  • 1/2 litro de leite
  • 1 ovo
  • 1 colher de sopa (cheia) de açucar
  • 1 colher sopa (rasa) de sal
  • 2 colheres sopa de margarina
  • 1 gema para pincelar
Como fazer
  1. Em uma vasilha grande coloque o sal, o açucar e o fermento, mexa até o fermento se dissolver por completo e ficar liquido.
  2. Coloque o oléo , o ovo, a margarina,e o leite , acrescente a farinha e sove a massa por 15 minutos(quanto mais vc sovar mais macia a massa fica).
  3. Deixe descansar por 3 horas tampada com um pano de prato e de preferencia dentro do forno :(desligado viu, é só pra ela tirar um cochilo lá kkk) Depois é só fazer uma bolinha de massa abrir como rolo de macarrão e rechear a seu gosto. feche as pontas até formar um triangulo e ponha com a parte da dobra que vc fechou para baixo.
  4. Pincele e leve ao forno por 20 minutos ou ate ficarem douradas.

sexta-feira, 11 de setembro de 2015

SOLIDÃO DE UM BARDO




Peço ao poeta um verso quase triste
para que ao ver-me no espelho posto
marcas de amor à perturbar meu rosto
nas linhas singulares onde existe...

A imagem do que fui e não sou mais
o peito humano apela ao criador
um pouco de paixão um pouco amor
que estreite a ilusões mais eternais...

Faça-se em mim um bardo solitário
porém de versos vivos nessa calma
onde escrevendo me revele a alma
mostrando-me um poema imaginário!


Dorothy de Castro

sábado, 15 de agosto de 2015

Mirian sempre Mirian! E EU...





SEMPRE BELA...
O homem que entende de mulher madura,
E sabe dar valor à companheira.
Sabe cercá-la de mimos e ternura
E se mantém fiel a vida inteira,
Em cada década com novo encanto,
O tempo vai marcar seu rosto singular.
O homem que ama de verdade, entanto,
Vai para sempre essa mulher amar.
Envelhecer na vida é uma lição,
Que nos prepara para a longa estrada
Nos valoriza os dons do coração,
Pobres daqueles que não aprendem nada
Mirian Warttusch

RESPONDO À BELA...

Mas quando não entende, pobrezinho
Só vai perder o que não deu valor
E ficará jogado num cantinho
Amargurando  a falta desse amor.

As décadas passando em nossa vida
Vai renovando tudo você sabe
Quanto mais velhas inda mais curtidas
Nossa beleza num poema cabe.

E além do mais somos poetas natas
A poesia em nós faz rebordosa
E o animal que usa suas patas
Ao nos pisar se dana em verso e prosa!


Dorothy de Castro

terça-feira, 14 de julho de 2015

do amigo evandro batista



SIMPLESMENTE
Eu te amo
Muito venero
Sumamente tomado
De amor e ardor
Por isso dou-me
Pra ti, amada
Com todo zelo
De tais carícias
Me exacerbo
Com tuas palavras
O instinto manda
Te quero, tudo
A ti movido
Simples assim
Me emocionando
Branca, me atiças
(EB) O POETA DAS ROSAS

sexta-feira, 26 de junho de 2015

POESIA DO EVANDRO!



ACONTECEMOS

E a mim chegas
Qual gata fosses
Muito faceira
Candura linda
Minha pequena
Branca, menina
Vens provocar-me
Me deleitando
Abris teu leque
Teu repertório
Vens, sedutora
Me encantas, força!
E me perturbas
Voraz eu fico
Pois, me conheces
Musa que eu amo
Assim tu gostas
Fêmea que atiça
Já bem sabendo
Tudo consegues
E enquanto dormem
Um n'outro brinda
Mesmo com o sol
Também assombra-se
Ardemos juntos
Acontecemos
Quentes loucuras
São as horas nossas
(EB) O POETA DAS ROSAS

(Do meu amigo Evandro que gosto muito de elogiar
seus poemas à sua Branca  grande poeta)!






Literatura
aAula 14: Modernismo (1ª Fase)Aula 15: Modernismo (2ª fase) – Poesia ModernaAula 16: Modernismo (2ª fase) – Romance de 30Aula 17: Modernismo (3ª fase) – Geração de 45

quarta-feira, 17 de junho de 2015

Anaïs Nin
Um homem jamais pode entender o tipo de solidão que uma mulher experimenta. Um homem se deita sobre o útero da mulher apenas para se fortalecer, ele se nutre desta fusão, se ergue e vai ao mundo, a seu trabalho, a sua batalha, sua arte. Ele não é solitário. Ele é ocupado. A memória de nadar no líquido aminótico lhe dá energia, completude. A mulher pode ser ocupada também, mas ela se sente vazia. Sensualidade para ela não é apenas uma onda de prazer em que ela se banhou, uma carga elétrica de prazer no contato com outra. Quando o homem se deita sobre o útero dela, ela é preenchida, cada ato de amor, ter o homem dentro dela, um ato de nascer e renascer, carregar uma criança e carregar um homem. Toda vez que o homem deita em seu útero se renova no desejo de agir, de ser. Mas para uma mulher, o climax não é o nascimento, mas o momento em que o homem descansa dentro dela.


Leia mais: http://www.mensagenscomamor.com/frases-de-famosos/frases_de_anais_nin.htm#ixzz3dNpfbBuM

quinta-feira, 4 de junho de 2015

Feed de Notícias

A VIDA COMEÇA QUANDO SE PERCEBE QUE ELA NÃO DURARÁ MUITO
Pelo Professor Gabriel Campos de Oliveira
1 - Tome posse da maturidade. A longevidade é uma bênção! Comemore! Ser maduro é um privilégio; é a última etapa da sua vida e se você acha que não soube viver as outras, não perca tempo, viva muito bem esta. Não fique falando toda hora: "estou velho". Velho é coisa enguiçada. "Idade não é pretexto para ninguém ficar velho".
2 - Perdoe a você antes de perdoar os outros. Se você falhou, pediu perdão? Deus já o perdoou e não se lembra mais. Não fique remoendo o passado... Não se importe com o julgamento dos outros.
3 - Viva com inteligência todo o seu tempo. Viva a sua vida, não a do seu marido, da sua esposa, dos filhos, dos netos, dos parentes, dos vizinhos, dos amigos...ajude-os. Nem viva só pra eles, viva pra você também. Isto se chama amor próprio, aquilo que você sacrificou sempre! Nunca viva em função dos outros. Faça o seu projeto de vida!
4 – Coma e beba com moderação; durma o suficiente. Tenha disciplina. Fale com muita sabedoria. Discipline sua voz: nem metálica; nem baixinha; seja agradável!
5 – Poupe seus familiares e amigos das memórias do passado. Valorize só o que foi bom. Experiências caóticas, traumas, fobias, neuroses, devem ser tratadas com o psicoterapeuta.
6 - Não aborreça ninguém com o relatório das suas viagens. Elas são interessantes só pra quem viaja. Ninguém aguenta ouvir os relatórios e ver fotografias horas e horas. Comente apenas o destino e a duração da viagem, se alguém perguntar.
7 - Escolha bons médicos. Não se automedique. Não há nada mais irritante do que um idoso metido a receitar remédio pra tudo o que o outro sente. Faça uma faxina na sua farmácia doméstica.
8 - Não arrisque cirurgias plásticas rejuvenescedoras. Elas têm prazo curto de duração. A chance de você ficar mais feio é altíssima e a de ficar mais jovem é fugaz. Faça exercícios faciais. Socorra os músculos da sua face. Tome no mínimo 8 copos de água por dia e 15 minutos de banho de sol é indispensável.
9 - Use seu dinheiro com critério. Gaste em coisas importantes e evite economizar tanto com você.
Tudo o que se economizar com você será para quem? No dia em que você morrer, vai ser uma feira de Caruaru na sua casa. Vão carregar tudo. Não darão valor a nada daquilo que você valorizou tanto: enfeites, penduricalhos, livros antigos, roupas usadas, bijuterias cafonas, ouro velho... prataria preta, troféus encardidos, placas de homenagens. Por que não doar as roupas, abrir um brechó ou dar todas as suas bugigangas?
10 - A maturidade não lhe dá o direitode ser mal-educado. Nada de encher o prato na casa dos outros ou no self-service, ou numa festa de casamento. Falar de boca cheia é insuportável.
11 - Só masque chiclete sem testemunhas. Não corra o risco de acharem que você já está ruminando ou falando sozinho (a).
12 - Aposentadoria não significa ociosidade. Você deve arranjar alguma ocupação interessante e que lhe dê prazer. Serve qualquer coisa: ganhando dinheiro ou gastando (se tiver).
13 - Cuidado com a nostalgia e o otimismo. Pessoas amargas e tristes são chatíssimas, as alegres demais, também. Elogie os amigos, não fique exigindo explicações de tudo. Amigo é amigo.
14 - Leia. Ainda há tempo para gostar de aprender. A maturidade pode lhe trazer sabedoria. Coloque-se no grupo sempre pronto para aprender. Não se apresente em lugar nenhum dizendo: sou muito experiente!
15 - Não acredite nas pessoas que dizem que não têm nada demais o idoso usar roupas de jovens, cuidado. Vista-se bem, mas com discrição.
16 - Seja avô/avó dos seus netos, não o pai, a mãe ou a babá. Por isso, nem pense em educá-los ou comprometer todo o seu tempo com as tarefas chatas de ir buscar na escola, levar a festinhas, natação, inglês, vôlei... Só nas emergências. Cuidado com aquela disponibilidade que torna os outros irresponsáveis.
17 - Se alguém perguntar como vão seus netos, não precisa contar tuuuuuuuudo!Evite discorrer sobre a beleza rara e a inteligência excepcional deles. Cuidado com a idolatria de neto e o abandono dos filhos casados.
18 - Não seja uma sogra ou sogro chato. Nunca peça relatório de nada. Seu filho tem a família dele. Você agora é parente! Nunca, nunca, nunca mesmo, visite seus filhos sem que seja convidado. Se o filho ligar pra você, não diga: ah! lembrou finalmente da sua mãe?É melhor dizer: Deus o abençoe meu filho.
19 - Cuidado em atender ao telefone: se a pessoa perguntar como você vai e você responder "estou levando a vida como Deus quer", "a vida é dura", "estou vencendo a dureza", você vai ver que as ligações dos amigos e dos parentes vão rarear, cada vez mais.
20 - A maturidade é o auge da vida, porque você tem idade, juízo, experiência, tempo e capacidade para se relacionar melhor com as pessoas. Então delete do seu computador mental o vírus da inveja, do orgulho, da vaidade, promiscuidades, cobranças, coisas pequenas e frustrantes para tomar posse de tudo o que você sempre sonhou: a felicid
 
Amor não tem idade. Design by Exotic Mommie. Illustraion By DaPino