sexta-feira, 30 de setembro de 2016

COISAS DE MALENA

"





O que terá ela à te oferecer senão a paixão apreendida na vida
calçada de abusos, de uso imoral?
De mal, de tormento, e de sofrimento? O que terá ela? Só pode saber, se pagar pra ver!" (Malena)








terça-feira, 27 de setembro de 2016







LEVEZA
"Vida leve me leve embora daqui,
Pra nunca, pra sempre, pra longe...
Pra aquela nuvem de algodão doce,
Pra aqueles braços de abraçar sincero...

Vida leve o céu não tem, que céu é esse?
Que paraíso, que ora me apontam?
Que estranho é o homem, de que tamanho,
São as mentiras são as vontades só que não..
.
Vida leve, me leve, me arraste, eu quero,
Achar o amor,sem dor sem atropelos...
Eu quero, a vida mais leve, mais leve ainda,
Como se eu pudesse descer daqui de mim!"
(Dorothy Castro)

domingo, 25 de setembro de 2016



ATRIBUTOS
Mírian Warttusch
Se o perfume e a beleza,
São atributos de flor, 
Você mulher formosura,
deixa seus rastros de amor.
Quando passas, tão suave,
És diva do meu carinho.
Reverenciam-te as flores,
Que margeiam o caminho.
Não sei se sentem ciúme
Ou mesmo se por paixão,
As flores se despetalam
Formam um tapete no chão.
Passando, tu vais ligeira,
E se te abraçam as flores,
É pra que eu sinta ciúme,
E te tenha mais amores.
Mas na hora em que te abraço,
Nem as flores vão nos ver.
Vou te esconder do mundo,
Vais ser minha, podes crer.
Mírian Warttusch

domingo, 18 de setembro de 2016




Penso em Branca, meu sonho profundo
Por tudo que muito ainda suplico
Minha adorada, sempre minha musa
Na luz do luar só vestida de mim
Penso em Branca, me sinto em delírio
Que sonho de amar, viver seus carinhos
Fazendo-a chorar de muito prazer
Cuidando bem dela, meu sonho de amor
(EB) O POETA DAS ROSAS
Belas palavras do Pedro Bial...
Sobre a morte do Ator Domingos Montagner...

"A morte, por si só, é uma piada pronta.
Morrer é ridículo.
Você combinou de jantar com a namorada,
está em pleno tratamento dentário, tem planos pra semana que vem,
precisa autenticar um documento em cartório, colocar gasolina no
carro e no meio da tarde morre. Como assim?
E os e-mails que você ainda não abriu, o livro que ficou pela metade, o telefonema que você prometeu dar à tardinha para um cliente?
Não sei de onde tiraram esta idéia:
MORRER!!!
A troco? Você passou mais de 10 anos da sua vida dentro de um colégio
estudando fórmulas químicas que não serviriam pra nada, mas se manteve
lá, fez as provas, foi em frente. Praticou muita educação física,
quase perdeu o fôlego, mas não desistiu. Passou madrugadas sem dormir para
estudar pro vestibular mesmo sem ter certeza do que gostaria de fazer
da vida, cheio de dúvidas quanto à profissão escolhida, mas era hora
de decidir, então decidiu, e mais uma vez foi em frente...
De uma hora pra outra, tudo isso termina numa colisão na freeway,
numa artéria entupida, num disparo feito por um delinqüente que gostou do seu tênis. (Ou afogado)
Qual é?
Morrer é um chiste.
Obriga você a sair no melhor da festa sem se despedir de ninguém,
sem ter dançado com a garota mais linda,
sem ter tido tempo de ouvir outra vez sua música preferida.
Você deixou em casa suas camisas penduradas nos cabides, sua toalha úmida no varal, e
penduradas também algumas contas.
Os outros vão ser obrigados a arrumar suas tralhas, a mexer nas suas gavetas,
a apagar as pistas que você deixou durante uma vida inteira.
Logo você, que sempre dizia: das minhas coisas cuido eu.
Que pegadinha macabra: você sai sem tomar café e talvez não almoce,
caminha por uma rua e talvez não chegue na próxima esquina,
começa a falar e talvez não conclua o que pretende dizer.
Não faz exames médicos, fuma dois maços por dia, bebe de tudo, curte
costelas gordas e mulheres magras e morre num sábado de manhã.
Isso é para ser levado a sério? Tendo mais de cem anos de idade, vá lá, o
sono eterno pode ser bem-vindo. Já não há mesmo muito a fazer, o corpo não
acompanha a mente, e a mente também já rateia, sem falar que há quase
nada guardado nas gavetas.
Ok, hora de descansar em paz.
Mas antes de viver tudo? Morrer cedo é uma transgressão,
desfaz a ordem natural das coisas. Morrer é um exagero.
E, como se sabe, o exagero é a matéria-prima das piadas. Só que esta não tem graça.
Por isso viva tudo que há para viver.
Não se apegue as coisas pequenas e inúteis da Vida... Perdoe... Sempre!!!"
Deixe espalhado pelo caminho da sua vida amor, quanto mais lágrimas rolarem quando vc se for, mais certeza o mundo terá que o tempo que vc passou aqui valeu a pena!
Pedro Bial

sábado, 17 de setembro de 2016






Insano...

... Não tenho a medida exata dos fatos, dos atos e desacatos, nem mesmo a dimensão da dor. Uma insanidade acima de tudo, de nada, de planos, de danos. Não tenho a sensação do tempo passando, mas envelhecendo, roendo a carne, rasgando a embalagem, essa, que carrego sobre meus ossos e músculos, enquanto as imagens vão desaparecendo diante dos meus olhos, como se escondessem algo que eu soubesse... Os pássaros vão se distanciando, ouço cantarem bem ao norte, enquanto o perfume das rosas tentam atrair meu olfato, fraco e desencontrado, assim como esse meu corpo envelhecido e inóspito de onde procuro fugir... E a minha voz, ainda me lembro da suavidade no pronunciamento de cada palavra em versos, de cada canção desafinada, de cada grito insano... Insanas também são minhas mãos, que insistem, já um tanto trêmulas, a rabiscar imagens, a tocar o infinito, tapar da boca o grito, enquanto os calos estouram bolhas de sabão, grossas e rudes. Já me sinto fora dessa cadeia de “humanos”, hoje sou de uma classe em que me chamam insano...

Marco A. Alvarenga
 —

sexta-feira, 16 de setembro de 2016






Penso em Branca, meu sonho profundo
Por tudo que muito ainda suplico
Minha adorada, sempre minha musa
Na luz do luar só vestida de mim
Penso em Branca, me sinto em delírio
Que sonho de amar, viver seus carinhos
Fazendo-a chorar de muito prazer
Cuidando bem dela, meu sonho de amor
(EB) O POETA DAS ROSAS

quinta-feira, 8 de setembro de 2016

receita

 
Amor não tem idade. Design by Exotic Mommie. Illustraion By DaPino