sexta-feira, 16 de outubro de 2009

ENTRE O CÉU E O INFERNO- TRANSTORNO BIPOLAR



O transtorno bipolar costuma se manisfetar pela primeira vez, entre os 15 e os 25 anos. É uma doença  crônica, dificíl de diagnosticar  - e que leva suas  vítimas da euforia extrema à depressão profunda.
O bipolar se sente muito poderoso depois cai em depressão. A bipolaridade é a maior causa psiquiátrica de suicidios.
A lista de sintomas  é imensa:  vai de consumo exagerado de drogas à hipersexualidade. " O bipolar fica visivelmente agitado.  Com pensamente acelerado, não termina frases, passa de uma idéia para outra.
O doente se sente poderoso, faz dez projetos ao mesmo tempo, inventa  planos mirabolantes. Depois, cai numa  depressão profunda. Alterna picos depressivos com crises de alegria. Ptraticam auto agressão,dão socos  nas paredes e em si próprios às vezes
O transtorno bipolar atinge ambos os sexos, Homens costumam ter mais episódios de euforia, mulheres de depressão. As causas da sindrome não são inteiramente conhecidas,mas sabe-se que há uma forte influência genética.Para fazer o diagnóstico o medico investiga se há casos de suicidio na familia   do paciente."" metae dos bipolares tenta se matar ao menos uma vez na vida".A síndrome é meio camaleônica,
pode se  manifestar por exemplo como    transtorno de alimentação,Uma coisa porém é comum a todas caras da bipolaridade: a vítima  sente-se governada pela próprias  emoções. E precisa de tratamento  para voltar à conviver com elas, e  pode sim   , ter uma vida completamente normal
SINTOMAS:
DEPRESSÃO
Os   mesmos sinais de uma depressão comum
Alterações do sono e apetite
Prostração
Sensação de vazio
Falta de interesse em fazer até o que se gosta
Em maior intensidade: pensamentos suicidas recorrente.

MANIA
Agitação às vezes
Verborragia( fala sem interrupções)
Não conclui raciocinios
Sentimento de poder -( acreditar que tem um dom especial , às vezes sobrenatural e é  mais inteligente e capaz)
Pouco sono e muita energia.
Perda  dos limites:
Inventar suas próprias regras e considerar estar imune     à qualquer tipo de consequencia
Impulsividade: pode se envolver em brigas ou consumir exageramante alcool e outras drogas.
Hipersexualidade: perda da autocensura. Prática de sexo  sem proteção e com desconhecidos.
A resistencia ao tratamento é comum em bipolares.Algum tempo depois de ficar bem, o paciente acha que seu problema foi superado, que teve uma crise isolada e já pode abandonar os remédios, mas no caso do bipolar eles devem ser tomados durante toda a vida, """Cura não existe, mas o tratamento torna bem maior o espaço entre uma crise e outra"". ---     (Fonte Glóss - Ed.Abril)

Daqui pra frente....................Dorothy

2 comentários:

BIPOLARBRASIL disse...

E vale lembrar que dos 50% dos que tentam se matar, de 12 a 19% consumam o ato. Portanto, trata-se de uma doença de alto complexidade etc... Leva-se em média 10 anos para um diagnóstico preciso, e felizmente os tratamentos hoje são muito eficazes para a maioria dos casos. Fico grato em nome de todos os bipolares que fez um artigo mencionando a doença. Isso é muito importante para esclarecer as pessoas que ainda persistem em algum preconceito. Se quiser, igualmente conhecer meu trabalho, acesse: http://bipolarbrasil.blogspot.com (lá eu busco reunir o máximo de informações sobre a doença e disponibilizo um CHAT para as pessoas tirarem dúvidas, sem conhecerem etc... talvez seja util ao seu leito). Abs e bom final de semana, Will.

Anônimo disse...

olha,nem sei mais oque falar,vivo com um bipolar a 23 anos,minha vida e do meu filho virou um verdadeiro inferno.principalmente por brigas,mentiras e traiço~es da parte dele,nunca ele admite coisa alguma sempre negando,enganando.acho que posso continuar assim,pois a cada dia morre mais um pouco da minha esperança.só quem convive pode ter noçao do que e´sofrer e lutar sozinho,pois pro bipolar tanto faz,naun se apega a nada,e´egoista e maldoso,desculpem meu desabafo.

Postar um comentário

deixem seus comentários

 
Amor não tem idade. Design by Exotic Mommie. Illustraion By DaPino