domingo, 4 de outubro de 2009

COM A POESIA NO CORPO

SE ME ABRIREM O CRÂNEO,
VERÃO QUE ELE É POÉTICO,
NA GARGANTA TAMBÉM TENHO,
A POESIA ENTALADA...
O MEU TÓRAX POEMICO,
JOGA AS RIMAS EM MEU BAÇO...
E O ESTÔMAGO DELIRA,
E DIGERE CADA TRAÇO...
O CORAÇÃO  ACELERA,
E GUARDA TODOS OS VERSOS,
QUE RECEBE DAS ARTÉRIAS...
MEU PÂNCREAS AÇUCARADO,
SUSPIRA PELA INSULINA
QUE INJETO EM FORMA DE RIMA,
PRÁ MANTE-LO NUM SARÁU...
O FIGADO AVERMELHADO,
RECITA VERSO RIMADO,
PARA UM VERDE VESICAL!
E O RIM...AH! O RIM...
ESSE TEM META:
FILTRAR TUDO
O QUE EU ESCREVO,
COM MEU SANGUE DE POETA!!!


Daqui prá frente.......Dorothy

1 comentários:

Poetano disse...

enxergar palavras bonitas no amor e lugares perfeitos, em fadas encantadas e no lindo da natureza a fácil, mas vc conseguiu colocar beleza nesse universo escondido e tão importante, colocando rimas dentro do corpo com essa alma de gigante ! Parabéns- meu aplauso pra vc mãe !

Postar um comentário

deixem seus comentários

 
Amor não tem idade. Design by Exotic Mommie. Illustraion By DaPino